Skip to content

Kiyomizudera – 清水寺

21/08/2012

Há tempos queria escrever sobre um dos lugares que mais me impressionaram até agora no Japão e não sei bem o porquê de ter demorado tanto.

Em Kyoto, o Kiyomizudera (清水寺) é uma parada obrigatória. O templo budista foi construído pela primeira vez em 778, antes mesmo de Kyoto se tornar capital do Japão e, algumas vezes, já foi destruído e reconstruído. A maior parte das construções que existem atualmente foram construídas no início do período Edo, mais especificamente entre 1631 e 1633.

O complexo do Kiyomizudera é formado por vários santuários, portões e uma pagoda, mas além deles, existe o hall principal (Hondo) que é considerado um tesouro nacional. Nele está situada a imagem da Deusa Kannon e a varanda que se extende sobre um precipício. Tudo realmente é muito bonito e muito interessante, mas a varanda foi o que mais me chamou atenção. A vista que se tem da cidade a partir dela é sensacional, mas, incrível mesmo é ver a estrutura que suporta o hall principal e a varanda: Foram utilizados pilares de madeira de 12m de altura, sem haver nenhum prego, porca ou parafuso. A estrutura em madeira é toda feita com encaixes – Lembrando que a construção foi finalizada em 1633, tá?! Isso sim é ousadia!

Curiosidade: Durante um período na Era Edo, acreditava-se que quem sobrevivesse ao pulo da varanda – pilares de 12m de altura, minha gente! – teria um desejo realizado. Foram registrados 234 pulos… Infelizmente, 34 pessoas não tiveram o desejo realizado. Atualmente a prática é proibida.

Kiyomizu pode significar “água limpa” ou “água pura”. O nome do templo foi originado a partir da queda d’água presente nas proximidades que, ao invés de descer com força pela rocha, foi dividida em três finas correntes de onde os visitantes podem – e devem – beber. Acredita-se que a água possui uma força divina que proporciona sucesso intelectual, felicidade nos relacionamentos e longevidade e, ao beber a água de apenas uma dessas três correntes, um pedido relacionado a uma dessas forças pode ser atendido. No entanto, beber a água das três correntes de modo seguido para fazer mais do que um pedido anula os efeitos benéficos da sua força. Não dá para ser muito ambicioso, viu!

Em 1994, o Kiyomizudera foi registrado como Monumento Histórico da Antiga Kyoto, sendo considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Para chegar ao Kiyomizudera precisamos passar por uma rua cheia de lojinhas e restaurantes, uma atração a parte. Vale muito o passeio!

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Célia permalink
    22/08/2012 2:55 pm

    Cada vez me encanto mais com a tradição e cultura que se vive aí.Obrigada por dividir conosco esse conhecimento!

  2. 30/08/2012 2:58 am

    Nossa, que lugar lindo !! *_*

  3. 13/09/2012 12:41 am

    Os templos no Japão são realmente maravilhosos, acho que é tipo obrigatório, se vc vai pro Japão você tem que conhecer os templos SHAUHSHAUSH

  4. Ferê permalink
    15/03/2013 10:15 am

    vou querer ir nesse lugar!!! =p

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: