Skip to content

Yoga – Depois da 1ª aula

07/04/2010

Olha, se a primeira impressão é a que fica, então vou praticar yoga até morrer! Estou impressionada e a 1ª aula foi realmente muito boa. Com certeza, muito mais intensa do que eu imaginei que seria.

Vamos explicar desde o começo, certo?

Já tinha um tempinho que eu estava com interesse em praticar yoga. Nunca pratiquei antes, não entendo nada da coisa e acho até que eu tinha, não preconceito, mas achava que talvez não fosse uma atividade física certa para mim. Quem me conhece sabe que gosto de praticar qualquer coisa… Gosto de pedalar… Correr… A vida inteira fiz esportes e quando a balança sobe eu tomo vergonha na cara e me acabo de tanto malhar! Mas também acho que não dá para ser só essa maluquice de ter que acabar suada como se tivesse feito sauna, sabe?! Enfim…

Acho bem interessante essa conversa de se concentrar na respiração, de tentar achar o alinhamento e o equilíbrio entre corpo e mente. Durante a faculdade, peguei como matéria optativa tai-chi-chuan, na esperança de encontrar uma atividade que me desse um pouco desse tal equilíbrio. Ai… chato demais! Desculpa aí quem gosta de tai-chi-chuan, mas eu achei chato mesmo e como foi o meu 1ª e único contato com uma atividade física assim, realmente não sabia o que iria acontecer com relação à yoga!

Mas a curiosidade falou mais alto, procurei um pouco por uma aula aqui, mas sem pressa nenhuma. Semana passada o Rafa me mandou um link de uma aula de yoga, porque um colega de trabalho dele tinha comentado que ele e a esposa iriam fazer… Conversa vai… Conversa vem… Timing do universo é sempre ótimo: O dia que o Rafa me mandou o link era o último dia para fazer a inscrição para a turma de iniciantes, que acontece só 2 vezes por ano. Melhor ainda: Aula é em japonês e em inglês. Tem como ficar melhor?! Tem! Super perto de casa e o preço super camarada! De verdade, não tinha como achar uma aula de yoga melhor para mim! Ainda dei a sorte de ter vaga – a última – para me matricular.

A professora se chama Rajay, que eu já achei super nome de guru da yoga, uma indiana que já mora aqui há muitos anos – e com um japonês tão fluente que renovou minhas esperanças de que vou aprender também. Eu achei que por ser a 1ª aula, turma de iniciantes e tal, que ela fosse pegar leve, mostrar umas posições mais fáceis… Gente, ela já deixou hiper claro que ela é uma perfeccionista sem precisar dizer! Claro, ela mostrou os apetrechos que vamos usar durante as aulas, explicou um pouco sobre respiração… Mas a aula seguiu como se todo mundo já soubesse das coisas!
No início e no fim da aula teve relaxamento… Percepção da respiração… Olha, não sei o que aconteceu, mas tentei fazer um pouco do exercício de respiração ontem, antes de dormir e só sei que desmaiei! Dormi super bem!

Durante a aula a gente teve que fazer um “circuito” de posturas e na boa… Eu não tenho flexibilidade nenhuma! Taí uma coisa que eu treino para melhorar, mas nunca tive muito resultado. Sou dura feito um pedaço de pão velho! Mas ahhh… Fiz os movimentos do jeito que eu consegui, ela me ajudou, claro… Corrigiu o que eu estava fazendo errado e teve uma hora que eu acho que ela sentou em mim para me colocar na postura certa, sei lá o que ela fez! Também teve a repetição de outros movimentos que foram mais tranquilos… Mas ó… Nonstop!

Gostei bastante porque ela repetiu algumas vezes para ninguém se julgar muito: Julgamentos bons ou ruins… No final da aula eu comentei da minha ausência de flexibilidade e ela falou isso de novo, para eu não me julgar. Com tempo e treino o corpo aprende a posição! Tomara!!! Também gostei muito dessa coisa de perceber a respiração e tentar criar um equilíbrio mental e até físico através dela.

Agora, um coisa que eu não esperava mesmo: Gente, acordei hoje sentindo músculos que eu nem sabia que tinha, principalmente no abdômen! Sério, sensação que fiz 5 aulas de abdominal seguidas ontem! Estou chocada com isso!  Vamos combinar que eu não faço abdominal todo santo dia, mas eu faço exercício aeróbico, pelo menos 1:30h, 4 vezes na semana e ainda faço musculação quando a obrigação chama, então não dá para falar que eu sou sedentária e que a dor é porque eu não estava acostumada, né?! De verdade mesmo, estou hiper impressionada como uma aula de yoga consegue mexer com o corpo assim!

O dever de casa que eu mesma me dei é comprar um tapete de yoga para praticar em casa. De verdade, se a 1ª impressão é a que fica… Bem vinda, yoga!

xoxo

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. celia barcat permalink
    07/04/2010 7:22 pm

    Valeu Alê!!!
    bjs.

  2. 07/04/2010 7:37 pm

    nunca fiz mas deve ser interessante… e você ainda treina inglês e japonês! muito bom!
    Sayonara e manda ver na yoga!
    bjs da sogra’s teacher,
    DaAna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: